Plataforma incentiva mais participação política na América Latina

A transparência nas atividades políticas tem despertado cada vez mais o interesse dos cidadãos em todo o mundo. E é baseado nesse conceito que surge, nesta quarta-feira (4), um mapeamento realizado por pesquisadores do Update - Laboratório de Inovação Política na América Latina contendo cerca de 700 iniciativas de inovação e participação política em 20 países: a plataforma Update. Esse trabalho incrível destaca o segmento político com o maior número de iniciativas catalogadas. Caio Tendolini, um dos criadores da plataforma Update, acredita no potencial que a ação tem em tornar-se referência de pesquisa no campo do engajamento político, facilitando cada vez mais a troca de conhecimentos entre os cidadãos.

A intenção é envolver pesquisadores, gestores públicos, candidatos, parlamentares, empreendedores cívicos e ativistas interessados em ações com participação, transparência e controle social para o fortalecimento da democracia. Dessa forma, o Update pretende entender como é possível tornar a política mais permeável aos cidadãos. Além disso, o laboratório promove pesquisa e produção de conhecimento sobre participação política com o intuito de conectar as figuras atuantes do ramo, servindo também de incubadora para projetos de inovação política.
 

Votações e discursos

Vale lembrar que, atualmente entre os projetos disruptivos, o Partido de la Red, na Argentina, é uma das referências por utilizar o software livre DemocracyOS para promover a participação direta dos cidadãos nas votações do parlamento do país. O Partido estabelece que parlamentares só podem votar conforme decisão coletiva dos cidadãos, utilizando a tecnologia do DemocracyOS para facilitar o diálogo com seus representantes.

Outra iniciativa inovadora que também nasceu na Argentina e foi adotada no Chile, Paraguai e Brasil é o Chequeado. Essa plataforma de Fact-Checking (verificação de discurso) facilita a investigação de fatos e a apuração dos discursos dos políticos para identificar se o que estão dizendo é de fato verdade.


Entrevistas com hackers

Já na plataforma Update, além de o sistema envolver entrevistas com hackers cívicos, a proposta é também entender como esses hackers enxergam e influenciam a política, de onde surgiram suas práticas e dentro de quais contextos elas tendem a vigorar.

As informações da plataforma foram sistematizadas em Sinais e Hubs: os Sinais são evidências de inovação política representada por projetos, ações e ferramentas. Já os Hubs são as organizações, empresas ou partidos que produzem esses sinais de inovação. As categorias temáticas dos Sinais são: transparência, participação cidadã, cultura política, controle social, comunicação independente e governo 2.0. Uma outra categorização desses sinais são seus propósitos: incidir sobre as instituições políticas ou empoderar o cidadão; e por quais mecanismos operam: por meio de diálogo, colaboração, fiscalização, monitoramento ou levantamento de dados. Divirta-se!

Carine Roos e Stephane Paula

Stephane Paula

Stephane Paula

 

1 comentário em “Plataforma incentiva mais participação política na América Latina

  1. Luciana e Tecnico Legislativo da Camara dos Deputados e atua no Labhacker como Assessora para o portal e-Democracia. Tem formacao em Odontologia, estudante de Marketing e tambem e monitora de Visitacao Institucional do Congresso Nacional.

    Deixe uma resposta:

Deixe um comentário: