Crianças idealizam jogo online sobre representatividade

Mais um dia interativo dentro do Laboratório Hacker! Desta vez, a troca de ideias aconteceu entre a equipe do LabHacker, ​a equipe do Plenarinho - o site infanto-juvenil da Câmara (www.plenarinho.gov.br) - e os participantes da oficina "Pequenos Hackers, Ideação de Jogo Online". Essas crianças, que entraram na dinâmica proposta pela Psicopedagoga Ana Cláudia Lustosa, ajudaram os ilustradores Leif Helisson e Plinio Tadeu na idealização de um jogo virtual com conceitos e valores relacionados a cooperação, conflito, responsabilidade social, administração de recursos escassos, criação de leis e bem comum.

Na primeira fase da oficina, após um intenso debate criativo os pequenos participantes sugeriram práticas de melhorias para o desenvolvimento de um jogo que abrangesse questões de sobrevivência em uma ilha.  Fora isso, os hackers mirins também indicaram problemas e soluções para lidar com a falta de recursos nesse universo imaginário. Cada escolha envolvia uma consequência visando à sobrevivência de todos nesse espaço virtual. Eles trouxeram alternativas de como trabalhar em equipe e também elegeram líderes para organizar os grupos ​dentro do jogo.

Todas as ideias que as crianças transpuseram após o bate-papo com Ana Cláudia também por meio de ilustrações, foram captadas e levadas pelos ilustradores para serem trabalhadas e apresentadas novamente aos pequenos hackers na segunda etapa do processo. E foi nessa última etapa, antes do desenvolvimento prático​ do jogo​, que esses pequenos tiveram mais uma ​vez ​ oportunidades de alinhar suas ideias de concepção junto aos profissionais de criação.

Confira:

img_20160318_150756_1024

E em abril tem mais! Ainda dentro do projeto ‘Pequenos Hackers’, a equipe do laboratório irá receber mais um grupo de crianças no intuito de inseri-los no cenário virtual, apresentando noções de programação de jogos. Nesta segunda edição do ano, será a vez do scratch, uma linguagem criada no Media Lab do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). ​

O intuito dessa ação é criar oportunidades no sentido de envolver cada vez mais o público jovem no entendimento do espaço virtual e de plataformas que possam ajudar na consolidação de um sistema democrático e transparente de maneira positiva para os cidadãos. ​Em breve divulgaremos os detalhes para a seleção dessa nova turminha!

Stephane Paula

Stephane Paula

 

2 comentários em “Crianças idealizam jogo online sobre representatividade

  1. Puxa, que iniciativa legal...Quando vai ter outro? Ou algum evento do LabHacker para crianças? Se possível, ampliar para outros estados, como o RS, onde moramos...

    Deixe uma resposta:

    Deixe uma resposta:

Deixe um comentário: